Resenha do Livro - Roube Como um Artista


Roube como um artista é tipo de livro que você não pode simplesmente ler, você precisa TER!
Ele se tornou meu livro de cabeceira e eu não tinha nenhum até então!
Ele traz 10 dicas muito uteis de criatividade, é um livro curto, cheio de tópicos, imagens e frases inspiradoras! Quer saber quais dicas são as minhas favoritas? É só continuar lendo o post!


Já aconteceu com você? Você cria algo e acha incrível, mas aí vê que alguém criou algo muito parecido. Você sabe que a pessoa não roubou sua ideia porque você ainda não compartilhou com ninguém. Você sabe que não roubou a ideia da pessoa porque jura ter tirado aquilo da sua cabeça. O autor te leva a ver que se você for analisar a "árvore genealógica" da ideia, verá que vocês tem as mesmas fontes de inspiração!
Uma vez uma garota me disse o seguinte: "Mentes brilhantes tem ideias parecidas!"  e gosto de acreditar que é mais ou menos por aí!


Quem é que nunca viu uma ideia simples mas genial e disse: "Como é que não pensei nisso antes?" Eu já disse várias vezes e tenho certeza que ainda vou dizer algumas centenas de vezes durante a minha vida. Mas a questão é: Não fique se lamentando por não ter tido uma ideia! Inspire-se naqueles que você admira e tenha suas próprias ideias (só não esqueça de tirá-las do papel).



Não sei se todos sabem mas eu escrevi um livro Já fiz até um post aqui no blog falando a respeito (veja o post clicando aqui!).
Quando comecei a escrevê-lo eu não sabia muita coisa sobre Mitologia Grega, mas já gostava muito! Decidi escrever sobre isso e fui fazendo as pesquisas conforme escrevia a história! Hoje estou prestes a lançá-lo. De alguma forma escrever sobre o que eu gosto deu certo. Minha próxima obra deve ser uma distopia!




Ainda sobre meu livro, foi assim que comecei: Eu assisti um filme que era adaptação de um livro (que eu não li) sobre mitologia e fui assistir com muita expectativa e me decepcionei. Então decidi escrever a história que eu queria ler. Ou seja, em vez de só reclamar que a história que vi era ruim, preferi escrever algo que eu gostaria de ler/ver. 

Escreva o livro que você quer ler é inclusive a 3ª dica do livro!


Esta é uma das minhas dicas favoritas do livro! Eu era o tipo de pessoa que lia algo imbecil na internet e tinha uma dificuldade enorme de deixar passar. Muitas vezes eu comentava a publicação e criava uma situação super estressante que eu ia alimentando com cada vez mais estresse. O autor sugere que não precisamos deixar de ver estas situações que nos deixam indignados, mas que em vez de gastarmos energia respondendo, usemos este gás para fazer algo útil! Tenho feito isso quando estou desanimada ou com preguiça e eu garanto: funciona!



É muito difícil escolher qual a minha citação favorita do livro. Também me identifico muito com esta! Hoje me sinto assim: Fazendo nas horas vagas o que eu quero fazer pro resto da minha vida! E que assim seja! Que em breve eu possa me dedicar apenas às coisas que amo e que estas coisas me tragam muitos frutos!





Mais uma das dicas do autor é que você tenha um Arquivo de Furtos! Um lugar onde você possa guardar as ideias que você furta por aí!

Enfim! Minha dica é que se você tem uma mente criativa, Tenha esse livro! 

Quando meu Arquivo de Furtos estiver mais recheado eu volto e mostro pra vocês!

Até a próxima!


A foto do livro eu roubei como uma artista DAQUI.

Nenhum comentário

Postar um comentário