Resenha do Filme - Passageiros


Ignore as críticas que estão derrubando este filme! Leia esta resenha, assista o filme e daí então tire suas próprias conclusões.

Estava tendo um domingo bem monótono com o marido quando chegamos a conclusão que a única saída era ir ao cinema. O filme que queríamos ver (A Chegada) já saiu de cartaz, então optamos por assistir Passageiros. Eu não estava muito animada, e não tinha nenhuma expectativa, mas aí, me surpreendi.


O filme se passa em uma nave que é uma especie de cruzeiro interestelar que transporta 5000 passageiros para outro planeta. O trajeto estava previsto para durar 120 anos e para sobreviver a esta viagem, os passageiros e a tripulação são mantidos em estado de hibernação. Porém, graças a uma pane no sistema, a capsula de James Preston (Chris Pratt) o acorda muito antes do tempo devido. Algum tempo depois Aurora Lane (Jennifer Lawrence) também é acordada e juntos eles precisam enfrentar problemas que acometem a nave.


As criticas estão sendo bem duras com o filme por isso peço que você as ignore! Você não pode deixar de assistir um bom filme só porque a crítica o desfavorece!

Passageiros pra mim é um filme completo! Apesar de ser um filme de Ficção Cientifica ele não se prende só a isto. A relação entre James e Aurora é bastante explorada sem que o assunto principal fique em segundo plano. Há também algumas piadas que deixam o filme mais divertido e o robô Arthur que é um personagem bastante cativante. Ah, tem também alguns momentos de tensão que faz a gente grudar na cadeira! Adoro filmes assim!


Claro que o filme não é perfeito! Do ponto de vista da Ficção Cientifica ele tem suas falhas e talvez isso desagrade aqueles que estão achando que este filme é o próximo Interstellar. Não é. Mas não é isto que ele se propõe a ser! É um filme sobre viagem interestelar, com questões bastante interessantes sobre o futuro e suas possibilidades, sobre tecnologia... mas também é um filme romântico. Portanto se você é o tipo de chato que acha que romance estraga as histórias, não perca seu tempo.


Por abordar outras questões além do Sci-Fi, não é o tipo de filme que você vai ter que assistir duas vezes para entender. Ele te faz pensar, mas não nas leis da física cósmica (ou quântica), e sim no comportamento humano, na migração interplanetária, na humanidade, nas nossas relações intra e interpessoais. Em resumo, assista! E daí, me diga o que achou!  


Nenhum comentário

Postar um comentário