Você se Ama do Jeito que Você é?


Tem se falado muito sobre a importância de nos amarmos do jeito que nós somos fisicamente.
Somos incentivados a gostar do nosso corpo, dos nossos cabelos, e a não nos compararmos com
modelos irreais de beleza, cheios de filtros e photoshop.

Mas estamos cada vez mais sendo expostos a consumismo e ostentação. Passamos horas sendo
expectadores das conquistas alheias. As redes sociais tem criado muito mais necessidade em nós
do que todas as propagandas de tv juntas jamais fizeram. E a consequência disso, somos nós:
jovens frustrados por não nos amarmos do jeito que somos financeira e socialmente.

E na maioria das vezes, sequer podemos expor nossas frustrações em relação a isso pois podemos
ser imediatamente vistos como invejosos, e invejosos são imediatamente vistos como pessoas sem
caráter.

Portanto é necessário fazer o exercício diário de lembrar que as vidas expostas nas redes sociais
também são cheias de filtros e que não podemos nos comparar com modelos irreais de vida.

Nenhum comentário

Postar um comentário