Sobre Breaking Bad e Fim de Relacionamentos



Breaking Bad. Acho que é a série mais bem feita que eu já assisti, sobretudo porque deve estar entre as séries mais bem feitas... já feitas.

Uma série de 5 temporadas redondinhas, com início, meio e fim. Na minha humilde opinião de espectadora, um dos motivos do sucesso dessa série é que ela durou o tempo que tinha que durar. A saga de Walter White acabou exatamente quando tinha que acabar.

Por esse motivo fico até receosa sobre novos capítulos desta história, seja em outras séries ou em um filme (que já está sendo prometido pro futuro). Algumas séries tendem a se estender demais e exatamente por este motivo, acabam não dando certo. São canceladas ou acabam com um final sofrível (como a querida série Dexter que apesar de merecer ser assistida, teve um final decepcionante).


É claro que existem também os exemplos de séries que duraram muito tempo e terminaram bem como House e seus 177 episódios.

A questão aqui é que o fato de uma série chegar ao fim não significa que ela não deu certo bem como o fato de uma série ainda estar no ar não significa que esteja funcionando. 

Quando um casal se separa as pessoas tendem a falar coisas como: "que pena que não deu certo". Você não vê ninguém por aí dizendo: "que pena que Breaking Bad não deu certo" pois mesmo com um fim triste, deu certo pra caralho! E tal qual Breaking Bad, um namoro/casamento pode acabar simplesmente porque está na hora de acabar e esse fim pode até ser triste mas isso não significa que o relacionamento não foi bom!
Mas pros "espectadores" é como se todo fim de relacionamento fosse uma série cancelada.


E aí se começamos a escrever uma nova história com um novo amor ouvimos: "tomara que com este dê certo". 
Agora imagine a pressão de agradar a audiência produzindo uma série que dure para sempre. A qualidade não deveria ser mais importante do que a duração? 
Quem é que nunca ouviu falar daquele casal que ficou junto até a morte mas que só fez isso por conveniência e comodidade mesmo tendo uma convivência dura, frustrante e até infeliz?

Temos que aceitar que assim como nossas séries preferidas, relacionamentos acabam e uma história breve com um final digno é muito melhor do que uma história arrastada e sofrida.

Nenhum comentário

Postar um comentário